Síndrome urogenital: Tratamento com Jett Plasma For Her

A síndrome urogenital é um termo relativamente novo e se refere ao conjunto de alterações que acontecem nos órgãos do trato geniturinário decorrente da menopausa. Relacionada com a deficiência do hormônio estrogênio, a síndrome urogenital pode acometer até 90% das mulheres no pós menopausa e apresenta sintomas que são muito desconfortáveis.

Por ser um distúrbio crônico dificilmente há melhora sem tratamento, os receptores de estrogênio respondem à diminuição do hormônio com afinamento do canal vaginal e uro-epitélio, redução do colágeno e do tecido, aumento do ph vaginal e menor número de vasos sanguíneos. Essas condições causam sintomas como secura, irritação e prurido vaginal, dispareunia que afeta a função sexual, perda da elasticidade, diminuição da lubrificação, incontinência urinária, “bexiga caída” e propensão a infecções do trato urinário.

Ainda existe, entre as mulheres, a crença de que essas dificuldades e a atrofia vaginal fazem parte do processo natural de envelhecimento e que devem conviver com tais dissabores. Atualmente tem se levantado o assunto entre ginecologistas sobre a importância de informar a população feminina de que há tratamentos que podem amenizar os sintomas da síndrome urogenital e que elas não precisam viver com estes problemas.

O tratamento para síndrome urogenital pode se dar através de reposição hormonal, terapia com laser, radiofrequência fracionada e lubrificantes e hidratantes genitais.