O que é blefaroplastia ?


Técnica utilizada para rejuvenescimento das pálpebras, a blefaroplastia tem apresentado bons resultados, com melhora na estética palpebral e de sua flacidez. Quer saber mais? Acompanhe o artigo.

À retirada do excesso de pele e de gordura das pálpebras superiores e inferiores, com a correção de posicionamento dá-se o nome de blefaroplastia, uma cirurgia plástica que ajuda a suavizar a aparência cansada e envelhecida do rosto. A cirurgia é feita em até uma hora e, na maioria das vezes, sob anestesia local por sedação, embora algumas pessoas prefiram a anestesia geral.

Porém, a blefaroplastia só é recomendada na forma cirúrgica caso haja um grande incômodo estético ou se as pálpebras estão realmente atrapalhando a visão. O motivo é que a blefaroplastia cirúrgica não é tão simples como parece: o médico delimita o local, faz os cortes e retira o excesso de pele, gordura e músculo e depois costura a pele. Na verdade, ele aplica steri-strips sobre a sutura, que são os pontos que se cola na pele e que não causam dor.

A cicatriz gerada pela blefaroplastia é simples, fina, e fica escondida nas dobras da pele ou sob os cílios, de maneira quase imperceptível. Após o procedimento, a pessoa pode ficar no hospital por algumas horas até passar o efeito da anestesia e depois é liberada com algumas recomendações, como utilizar compressas frias, óculos escuros e protetor solar, não usar maquiagem e realizar exercícios para os músculos da face.

Após a blefaroplastia cirúrgica é normal que o rosto do paciente fique inchado, com manchas roxas e pequenos hematomas, o que geralmente desaparece após uma semana. Por isso, o período pós-cirúrgico do procedimento pede pelo menos uma semana de repouso para a cicatrização.

Apesar de raro, pode haver casos de visão turva e sensibilidade à luz nos primeiros dois dias após a blefaroplastia cirúrgica. Para acelerar a recuperação e ajudar que a pessoa volte logo às atividades diárias é recomendado a fisioterapia dermatofuncional, para combater o inchaço e remover os hematomas.

Os cuidados devem ser mantidos por duas semanas após a blefaroplastia cirúrgica e o paciente deve voltar ao médico para a retirada dos pontos e uma consulta de revisão. Os resultados definitivos aparecem após três meses e em alguns anos o paciente necessita de reavaliação.


Blefaroplastia sem cortes


Muita gente não pode ou não quer encarar uma cirurgia, se isso representar um afastamento de suas atividades. Essa ideia tem elevado a busca pelos procedimentos não cirúrgicos indicados em oftalmologia estética e que estão trazendo resultados rápidos e satisfatórios, como a blefaroplastia sem cortes ou não invasiva.

A blefaroplastia não invasiva é um tratamento que troca o bisturi pelo jato de plasma, com o uso de modernas técnicas aliadas a produtos de última geração, e realizado por profissionais com formação específica e altamente qualificados para a correção não cirúrgica, sempre mantendo o aspecto funcional como prioridade.

O especialista em blefaroplastia não invasiva faz pequenos pontos nas pálpebras utilizando o plasma que remove o excesso de pele. Em muitos casos a questão é resolvida com apenas uma sessão.

O jato de plasma é indicado para rejuvenescimento de pálpebras e facial. Ele estimula o colágeno e novas fibras elásticas, melhora da superfície da pele danificada pelo sol (hiperpigmentação), a elasticidade e restaura a microcirculação.

O processo da blefaroplastia não invasiva começa pela informação de que as membranas celulares da pele contêm canais que servem para transportar água, elementos nutricionais, íons positivos e negativos. O envelhecimento leva ao fechamento desses canais e a dificuldade de troca de íons de sódio e potássio.

Na prática, a descarga de plasma durante a blefaroplastia não invasiva abre esses canais, através da despolarização da membrana, e permite a separação de íons de potássio dentro da célula e de sódio fora dela, restaurando seu potencial elétrico original. Assim, as células são hidratadas de novo, deixando a pele mais firme.

A principal vantagem da blefaroplastia não invasiva com o jato de plasma é a não necessidade de se submeter a um procedimento cirúrgico, minimiza os riscos associados ao procedimento invasivo e o menor tempo de recuperação do paciente. Em contrapartida, a duração do resultado do tratamento é inferior ao procedimento cirúrgico que pode durar até 10 anos e ele não é indicado para casos mais complexos como bolsas de gordura ou pálpebras.

O Jett Plasma Lift Medical, distribuído pela Celebrim, é o equipamento utilizado para a blefaroplastia não invasiva. Ele conta com a moderna tecnologia de corrente contínua de plasma artificial gerado por transmissão de energia através do gás e cria pontos delimitados de ação com área de apenas 0,1 milímetros quadrado. O aparelho também é indicado para outros procedimentos de dermatologia estética e médicos

Estudos clínicos publicados e disponíveis em bancos de dados científicos internacionais, como Pubmed e Scielo, demonstram que a tecnologia do plasma é amplamente utilizada em diversos tratamentos médicos e estéticos, com resultados efetivos e seguros.


Gostou do artigo? Saiba mais em: https://www.celebrim.com.br/jett-plasma

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

Celebrim Importações e Distribuições © 2019 Copyright | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS -

Endereço: Rua Vieira de Moraes 1111 - Campo Belo - São Paulo - contato@celebrim.com.br

Tel: +55 11 3436-0625 | 11 3473-8169 | 11 94465-6002